quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Castelo de Arraiolos

Arraiolos é uma pequena vila situada no distrito de Évora.
A ideia da fortificação remonta ao início de 1200 mas as obras só se iniciaram em 1306, e terminaram em 1310. O castelo começou a sofrer abandono a partir do século XIV, por ser considerado um local ventoso, frio, e por isso desagradável para se habitar. E foi ao abandono que encontrei o castelo. Embora com uma excelente vista, o local poderia e deveria estar melhor conservado.


segunda-feira, 28 de setembro de 2015

domingo, 27 de setembro de 2015

Cheesecake Ilustrado

Encontrei esta imagem num blog (não me lembro qual) e achei fofa, por isso resolvi publicar. Espero que ajude a quem ainda tem dúvidas de como confeccionar um cheesecake.


sexta-feira, 25 de setembro de 2015

DIY - Frasco de Costura

Ontem estava a ouvir a Rádio Comercial e disseram que faltavam 3 meses para o Natal. Como? Como o tempo passa tão rápido?! Bem, mas como esses 3 meses vão passar a correr e ninguém gosta da correria das prendas, fica aqui uma boa sugestão para quem gosta de fazer os próprios presentes.

Desde que descobri o meu gosto pela costura que cada vez mais preciso de arrumação para as linhas e afins, por isso espero que gostem destes frasquinhos.




terça-feira, 22 de setembro de 2015

Francesinha

Na semana passada, os meus colegas de trabalho tanto falaram em francesinhas que eu fiquei cheia de vontade de comer uma. E depois pensei, e porque não fazer eu? Assim foi. No Domingo passado, eu e o meu namorado preparámos umas francesinhas para o almoço (sempre é melhor comer ao almoço do que ao jantar... visto que é uma bomba ahah). E não é assim tão difícil de preparar como eu achava. O meu namorado até disse que estava melhor que as francesinhas do Porto... acho que exagerou.
Acompanhada por batatas fritas e vinho.... ui estava uma delícia! Que se lixe a dieta.





Ingredientes para 2 francesinhas:
4 fatias de Pão de forma (sem côdea) ou 6 fatias dependendo da grossura
2 bifanas de porco
3 salsichas de frasco
Linguiça (eu não usei) 
8 fatias de queijo
4 fatias de fiambre
sal e pimenta

Molho:
1 cerveja
1 cubo de caldo de carne
1 folha de louro
1 colher de sopa de margarina
1 cálice de brandy ou vinho do porto
1 colher de sopa de farinha
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1 dl de leite
Piripiri q.b.

Preparação: 
  1. Temperar as bifanas com sal e pimenta e grelhar
  2. Grelhar as salsichas e a linguiça
  3. Torrar ligeiramente as fatias de pão de forma
  4. Num prato que possa ir ao forno, montar as francesinhas. Colocar 1 fatia de pão de forma, a bifana grelhada, a salsicha cortada, o fiambre e a linguiça cortada.
  5. Tapar com a outra fatia de pão de forma e colocar sobre esta as fatias de queijo
  6. Molho: Dissolver a farinha com o leite e adicionar os restantes ingredientes
  7. Triturar o preparado com a varinha mágica
  8. Levar ao lume até ferver e engrossar um pouco mexendo sempre para não pegar
  9. Depois de montadas as francesinhas, colocar sobre elas o molho bem quente e levar ao forno previamente aquecido para derreter o queijo.

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Tomates Recheados com Soja e Cogumelos

aqui vos tinha dito que me tinham dado um saco enorme com tomates, e uma das formas de os aproveitar foi recheá-los com soja. Para os não vegetarianos ou não apreciadores de soja, podem-na substituir por carne picada.


Ingredientes:
tomates
soja granulada fina
queijo ralado
oregãos
cebola
dentes de alho
cogumelos
azeite
molho de soja

Preparação:

  1. Lavar os tomates. Cortar-lhes uma tampa e cortar ligeiramente a parte de baixo para os tamates se manterem em pé. Escavar cuidadosamente o miolo do tomate, reservando-o. Virar os tomates para baixos de modo a escorrerem bem. 
  2. Hidratar a soja com um pouco de água
  3. Fazer um refogado com a cebola, alho picados e azeite
  4. Juntar o miolo dos tomates
  5. Adicionar a soja, os cogumelos, e temperar com molho de soja e oregãos. Deixar cozinhar uns minutos
  6. Rechear os tomates com o preparado de soja
  7. Polvilhar com queijo ralado
  8. Levar a forno médio, previamente aquecido, durante cerca de 20 minutos.

domingo, 13 de setembro de 2015

O horror, o drama, a tragédia!

Há uns dias atrás aconteceu um acidente no meu local de trabalho (laboratório) que no meio de tudo ainda tive sorte.
Pois que uma prateleira do armário onde guardamos os reagentes cedeu e um frasco de ácido partiu-se em cima dos meus pés.

Sorte nº 1: não estava sozinha no laboratório e por isso tive quem me acudisse
Sorte nº 2: tive a destreza e rapidez de segurar na prateleira em queda e impedir que mais frascos se partissem
Sorte nº 3: estava de ténis e não de sandálias, e não me queimei
Sorte nº 4: estava com uns ténis de 3€ da primark e não com as all stars (sim, porque assim que vi que tinha os ténis ensopados, lixo com eles)

Pânico nº 1: o que estava dentro do frasco? Começámos imediatamente a lacrimejar, a sentir a garganta a irritar, o cheiro era tão forte que parecia que se sentia percorrer do nariz até aos pulmões. No meio dos cacos tentámos encontrar a etiqueta que nos dissesse o que era o líquido. "Propionic acid"

Pânico nº 2: um colega diz que foi pesquisar sobre o ácido na internet e a primeira coisa que aparecia era uma notícia do género "grupo de investigadores morre ao inalar ácido propiónico". "ESTÁS A GOZAR???!!!!". Sim, estava...

Sorte nº 5: o ácido era "apenas" corrosivo, super inflamável e irritante para as mucosas, e não era mutagénico nem cancerígeno

Pânico nº 3: como vamos limpar o chão do laboratório e livrar-nos deste cheiro?! O nosso laboratório não foi construído para ser um laboratório (na verdade é uma antiga lavandaria) e por isso não tem as condições de segurança que deveria. Por falar nisso, deveria haver uma espécie de ASAE dos laboratórios que fizesse uma visturia, e multasse os que não estavam em condições, já que os das instituições acima de nós não se preocupam!

Aliás, o querido chefe, responsável pelo laboratório, assim que sentiu o cheiro, fechou-se no gabinete e nem teve a preocupação/sensibilidade de perguntar se estavamos todos bem, ou se precisavamos de ajuda. Depois do laboratório limpo (o melhor que conseguimos), ainda perguntou retoricamente, "Mas ninguém morreu, pois não?!". Não, mas bem podíamos ter desmaiado todos que ele nem dava por isso!

Com isto devemos ter perdido uns anos de vida... merdas de trabalhar num laboratório...

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Sopa de Tomate com Ovo Escalfado

Na semana passada deram-me um saco enorme de tomates, e desde então tenho comido tomates a todas as refeições (ahahah). E ainda assim tenho uma prateleira do frigorífico cheia deles, parece que se multiplicam!
No fim-de-semana passado lembrei-me de fazer uma sopa de tomate que tanto gosto. Com o ovo escalfado e os croutons, fica perfeito!

Quando se cozinha sopa de tomate ou por exemplo polpa de tomate, o truque é adicionar açúcar para cortar a acidez do tomate. Não esqueçam!
E a maneira mais fácil e rápida de pelar tomates, é mergulhá-los em água bem quente durante alguns minutos. Assim a pele sai num piscar de olhos!


Ingredientes para 2 pessoas:
4 tomates maduros pelados
1 cebola
2 dentes de alho
1 c. chá de açúcar
500ml de água quente
2 ovos
oregãos q.b.
manjericão seco q.b.
azeite q.b.
sal e pimenta q.b.

Preparação:
  1. Refogar a cebola às rodelas e os alhos picados em azeite 
  2. Adicionar os tomates cortados aos cubos
  3. Refogar por 10 minutos
  4. Temperar com sal, pimenta, açúcar, oregãos e manjericão
  5. Acrescentar a água quente
  6. Deixar ferver mais 5 minutos e bater com a varinha mágica
  7. Acrescentaros ovos e deixar escalfar
  8. Sirva polvilhado com oregãos, manjericão e com croutons. 


domingo, 6 de setembro de 2015

DIY - Colar com Pendentes

A minha última criação foi um colar relativamente simples. Deixo-vos o vídeo a explicar tudo. Espero que gostem!



terça-feira, 1 de setembro de 2015